Lançando novas ideias.

Já há algum tempo tenho me dedicado a ajudar alguns amigos a registrar suas marcas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), pois não raro, acontecem conflitos com nomes de artistas, bandas e empresas, principalmente da nossa área, sem esquecer qualquer outra. Acho que é porque essa nossa turma não se liga nisso. Quando vai cuidar, já era. Falo de cátedra, pois meu filho, o Guilherme, quando entrou pra carreira solo, com o nome de Gui Ferreira, foi obrigado a renunciar seu nome de batismo pois tinha outro artista que já tinha registrado seu nome. Isso é muito comum. Mais do que possa parecer. Várias bandas já tiveram que mudar: Jota Quest, Natiruts e aqui temos o exemplo da Dona Zefa.

Já imaginou, depois de muitos anos de batalha pra firmar uma marca, um nome artístico, um pseudônimo, aparecer alguém ou outra empresa com seu mesmo nome? É frustrante.

Como falei no começo, tenho auxiliado a clientes e amigos a fazer esse registro, com preço justo. Aqui estou me colocando para esse trabalho, me pondo à disposição dos amigos para mais esse serviço. Temos já bastante experiência, pois temos feito o registro de diversas marcas para várias empresas e artistas.

Conte comigo.



11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo